TRICOMONÍASE E SEUS SINTOMAS

A tricomoníase é uma Doença Sexualmente Transmissível provocada por um protozoário, que é pouco conhecida, mas afeta milhões de pessoas ao redor do mundo.

A Tricomoníase é causada pelo parasita Trichomonas vaginalis. Nas mulheres, a tricomoníase é uma das principais causas de vaginite e corrimento vaginal, mas costuma ser uma infecção assintomática nos homens.

A transmissão é pela via sexual e, curiosamente, só se dá através do sexo entre mulher/homem ou entre mulher/mulher. A transmissão do Trichomonas entre homens é rara, não sabe bem por quê. A via sexual é virtualmente a única forma de transmissão, sendo incomum a contaminação através de roupas, toalhas ou outros fômites. Continue lendo

Manilkara spp. USADA PARA TRATAR DST

Uma planta do nordeste brasileiro pode ser a fonte de tratamento para a tricomoníase, doença sexualmente transmissível (DST) que, além de coceira e dificuldade ao urinar, aumenta as chances de ocorrência de outras infecções mais graves, como a pelo HPV e pelo HIV. A propriedade da maçaranduba (Manilkara spp.) foi descoberta por pesquisadores do Instituto Nacional do Semiárido (Insa), com sede em Campina Grande, na Paraíba, e detalhada recentemente na revista científica Experimental Parasitology. A expectativa é que o achado possa ajudar no desenvolvimento de remédios mais eficazes para tratar a DST.

Encontrada no Nordeste, a maçaranduba pertence à família Saputi, presente em um extenso território brasileiro, do Piauí à Bahia. O extrato utilizado foi de folhas coletadas no Parque Nacional do Catimbau, em Buíque, município pernambucano.

Continue lendo