RESSACA DE SONO

Com a rotina corrida e os horários agitados, muitas pessoas aproveitam os fins de semana para descansar e colocar o sono em dia. Mas, é possível recuperar horas de sono perdidas?

Um estudo realizado pela Faculdade de Medicina Penn State, nos Estado Unidos, aponta que não, e a tentativa pode até diminuir a sonolência do indivíduo, mas não é capaz de melhorar o desempenho cognitivo, como a memória, atenção e raciocínio. Continue lendo

RESSACA – TEM COMO EVITAR?

Uma ressaca é um conjunto de sinais e sintomas desagradáveis que normalmente se desenvolvem depois que uma pessoa tenha bebido muito álcool. Ressacas frequentes também estão associadas a um mau desempenho geral e a conflitos no trabalho. Como regra, quanto mais álcool a pessoa beber, mais provável é que tenha uma ressaca no dia seguinte.

As ressacas são causadas quando a pessoa ingere uma quantidade excessiva de álcool. As doses da bebida alcoólica necessárias para desencadear uma ressaca são muito variáveis de uma pessoa para outra. Para alguns, pouca bebida já é o bastante para ter uma ressaca, enquanto outras podem beber pesadamente e escapar dela.

Qualquer pessoa pode experimentar uma ressaca, mas alguns fatores podem tornar as pessoas mais susceptíveis a tê-las: (1) variação genética; (2) beber com o estômago vazio; (3) associação do álcool com o fumo ou outras drogas; (4) não ter dormido bem; (5) ter história familiar de alcoolismo; (6) ingerir bebidas alcoólicas de cor mais escura. Continue lendo

RESSACA: ENTENDA

A ressaca, como é conhecida popularmente, também pode ser chamada de Veisalgia e descreve a soma dos efeitos fisiológicos desagradáveis que se seguem após uma grande ingestão de bebida alcoólica.

As características comumente relatadas para o estado incluem dores de cabeça, náuseas, sensibilidade a luz e a ruídos, letargia, diarreia, disfonia, sudorese e sede.

Embora a ressaca possa ser sofrida a qualquer tempo, geralmente aparece pela manhã após uma noite de bebedeira. Além dos sintomas físicos, uma ressaca também pode incluir sintomas psicológicos, como depressão e ansiedade. Continue lendo

EXISTEM REMÉDIOS QUE FUNCIONAM PARA TRATAR A RESSACA?

Para o fígado, principal órgão do corpo humano, utilizado para metabolizar as moléculas de álcool ingeridas na bebida, o trabalho é, por vezes, acima da capacidade de funcionamento normal das células, ou seja, o fígado após a ingestão de álcool, consegue metabolizar as moléculas do álcool até certo ponto, no máximo 350ml por uma hora, porque o radical OH geralmente leva a destruição de alguns hepatócitos e tudo acima disso, precisa de mais tempo, para voltar ao fígado e entrar na cascata de metabolização.

O álcool excedente da bebida, no corpo humano, volta para a corrente sanguínea e circula pelo corpo, onde é capaz de provocar intoxicação a outras células e levar ao estado de embriaguez, quando afeta o funcionamento cerebral e ressaca, nos demais órgãos.

Os sintomas da ressaca incluem fadiga, sede, dor de cabeça, náuseas, sensibilidade à luz e ao som e tonturas. Geralmente, demora algumas horas para que os sintomas da ressaca apareçam.

Uma ressaca intensa pode indicar intoxicação severa por álcool e precisa de tratamento de emergência.

Continue lendo