PÂNCREATITE CRÔNICA

O pâncreas é o órgão que tem entre suas funções a de produzir insulina para o corpo entre outras enzimas digestivas. Ele fica localizado atrás do estômago e pode sofrer com processos inflamatórios agudos e crônicos.

Na pancreatite aguda normalmente se sente dor abdominal na parte superior que pode durar alguns dias. A sensação dolorosa pode ser severa e tornar-se constante (apenas no abdômen) ou atingir as costas e outras regiões; pode ser súbita e intensa, ou começar com uma leve dor que fica pior quando algum alimento é ingerido.

Se o quadro de pancreatite aguda for muito extenso ou se o paciente apresenta repetidos episódios de pancreatite aguda, esta inflamação intensa e repetida pode causar lesão irreversível do tecido pancreático, levando ao que chamamos de pancreatite crônica.

A principal causa de pancreatite crônica é o consumo exagerado e prolongado de álcool. Porém, qualquer situação que imponha quadros repetidos de pancreatite aguda pode levar à lesão permanente do pâncreas.

A pancreatite crônica é uma inflamação do pâncreas de longa duração, resultante de uma deterioração irreversível da estrutura e da função pancreáticas. Continue lendo

PANCREATITE AGUDA

A pancreatite é um processo inflamatório do pâncreas, que pode ser aguda ou crônica, de variadas causas.

O processo inflamatório pancreático, de aparecimento súbito (agudo) e etiologia variada, geralmente é acompanhada de importante comprometimento sistêmico. Cessada a causa que desencadeou a inflamação, a enfermidade poderá evoluir para a regeneração do órgão, com recuperação clínica, anatômica e fisiológica ou, então, marchar para sequelas decorrentes da cicatrização do parênquima. Em determinados casos pode provocar a morte.

O pâncreas é uma glândula grande situada atrás do estômago e perto do duodeno – a primeira parte do intestino delgado. Ele secreta sucos digestivos, ou enzimas, para o duodeno através de um tubo chamado ducto pancreático. Continue lendo

DIABETES GESTACIONAL

Assim como na diabetes melitus, o diabetes gestacional é uma doença que afeta a forma como as células utilizam a glicose (açúcar), provocando níveis elevados desta substância no sangue, situação que pode afetar o curso da gravidez e a saúde do bebê.

Diabetes gestacional é aquela que é diagnosticada pela primeira vez durante a gravidez. Isto não significa necessariamente que o quadro de diabetes está sendo causado pela gestação, mas na maioria das vezes é isso o que realmente ocorre. Cerca de 5% das gestantes desenvolvem diabetes, o que faz com que este problema seja um dos mais comuns durante a gravidez.

Ele surge durante a gravidez e costuma desaparecer após o nascimento do bebê. Mulheres que são diabéticas e engravidam não são consideradas portadoras de diabetes gestacional. O diabetes gestacional é aquele que aparece somente após iniciada a gravidez.

Apesar do diabetes gestacional ser considerado uma situação de gravidez de alto risco, os cuidados médicos e o envolvimento da gestante possibilitam que a gestação corra tranquilamente e que os bebês nasçam no momento adequado e em boas condições de saúde.

Continue lendo