PÍLULA PARA DETECÇÃO DE CÂNCER DE MAMA ESTÁ EM ESTUDO

Quem é mulher sabe da importância de realizar anualmente o exame de mamografia, útil para encontrar possíveis focos de câncer de mama. O problema é que o procedimento nem sempre fornece resultados precisos e ainda expõe as pacientes à radiação.

No entanto, um estudo publicado na revista Molecular Pharmaceutics, relata que os cientistas desenvolveram uma “pílula de rastreio de doenças” não invasiva, que conseguiu iluminar tumores cancerígenos em camundongos, quando expostos à luz infravermelha –e sem uso de raio X. Continue lendo

SÍNDROME DO INTESTINO IRRITÁVEL E ALIMENTAÇÃO – O QUE É RECOMENDADO?

A síndrome do intestino irritável é uma doença crônica de desordem digestiva que afeta, principalmente, o intestino grosso. O problema atinge mais de 10% da população mundial e, embora possa incidir em qualquer pessoa, é mais comum entre mulheres jovens e de meia-idade.

A doença é caracterizada por uma série de sintomas comuns, incluindo alterações nos movimentos intestinais e dor abdominal com sensação de barriga inchada, cólicas e gases, além de períodos de diarreias intercalados com prisão de ventre.

Para quem é diagnosticado com a síndrome do intestino irritável, o tratamento inclui uma reeducação alimentar que pode ajudar a amenizar os sintomas da doença. Continue lendo

CÂNCER DE MAMA – CONHEÇA 7 SINTOMAS COMUNS AS MULHERES

O câncer de mama é um tumor maligno que se desenvolve “nos seios”. Todo câncer é caracterizado por um crescimento rápido e desordenado de células.

Quando as células adquirem características anormais, células dos lobos mamários, células produtoras de leite ou dos ductos por onde é drenado o leite, podem causar uma ou mais mutações no material genético da célula. Esta doença acontece quase exclusivamente em mulheres, porém existem casos de homens com câncer de mama também.

Algumas mutações possuem a capacidade de fazer com que uma célula apenas se divida, mas não tenha a capacidade de invadir outros tecidos, estes são chamados de tumores benignos ou não cancerosos. Continue lendo

ENDOMETRIOSE

A endometriose é uma doença feminina caracterizada pelo crescimento de tecido endometrial fora do útero.

A mulher com endometriose apresenta fragmentos do endométrio fora do útero (endométrio é a parte interna do útero, responsável pela menstruação). Neste caso, o local mais comum de implantação dos fragmentos é a região pélvica, onde ficam aderidos a uma ou mais estruturas – tubas uterinas, ovários, bexiga, intestino e outros órgãos.

Mesmo deslocado, o tecido excedente é estimulado a crescer e, na hora da menstruação, descama junto com o endométrio original.

Continue lendo

MAMOGRAFIA: DÚVIDAS E RESPOSTAS

Segundo o INCA (Instituto Nacional do Câncer), o câncer de mama é o segundo tipo da doença mais comum entre as mulheres no Brasil, com uma estimativa de 57 mil novos casos por ano.

A mamografia é um exame de imagem, podendo ser compreendida como um Raio X das mamas. É considerado padrão ouro para detecção precoce do câncer de mama.

No caso da mamografia digital, os raios X atravessam a mama e atingem um detector que os transmite a um computador – enquanto que no método tradicional a imagem é impressa em um filme. A vantagem do exame digital é a qualidade gerada, de altíssima definição, que permite melhor visualização de mínimas alterações.

A boa notícia para as pacientes com confirmação de câncer de mama, é que 95% dos casos diagnosticados precocemente têm possibilidade de cura. E, por isso, as campanhas do Outubro Rosa batem na tecla do diagnóstico precoce, que é feito por meio da mamografia O exame levanta uma série de questionamentos: qual é idade ideal para fazer? Dói? Quem tem silicone pode fazer? Continue lendo

SARCOIDOSE A DOENÇA DE BESNIER-BOECK: ENTENDA

A sarcoidose é uma doença autoimune crônica que aparece mais comumente em adultos jovens, entre 25 e 40 anos, embora possa afetar pessoas em qualquer idade, sendo rara na infância. Também é conhecida pelo nome de Doença de Besnier-Boeck.

É uma doença granulomatosa multisistêmica de etiologia desconhecida, caracterizada pela presença de granulomas não caseosos nos órgãos envolvidos. Geralmente os granulomas aparecem nos pulmões e linfonodos.

Aparece mais comumente em adultos jovens, preferencialmente do sexo feminino e é 3 ou 4 vezes mais comum em negros. Afeta 2 em cada 10 mil habitantes.

Continue lendo

LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO: O QUE É?

O Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES ou lúpus) é uma doença autoimune do tecido conjuntivo, de causa desconhecida que pode afetar qualquer parte do corpo. Assim como ocorre em outras doenças autoimunes, o sistema imune ataca as próprias células e tecidos do corpo, resultando em inflamação e dano tecidual.

O lúpus pode ocorrer em pessoas de qualquer idade, raça e sexo, porém as mulheres são muito mais acometidas.

O LES acomete aproximadamente uma em cada 1000 pessoas da raça branca e uma em cada 250 pessoas negras, sendo muito mais frequente no sexo feminino, com proporção de 10 mulheres para cada 1 homem. A doença se inicia principalmente entre a segunda e terceira década de vida, embora possa aparecer em crianças e idosos.

Continue lendo