PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE DENGUE

A transmissão se faz pela picada dos mosquitos Aedes aegypti, no ciclo ser humano – Aedes aegypti – ser humano. Foram registrados casos de transmissão vertical (gestante – bebê) e por transfusão sanguínea.


Quando o vírus da dengue circulante no sangue de uma pessoa em viremia (geralmente um dia antes do aparecimento da febre até o sexto dia da doença) é ingerido pela fêmea do mosquito durante o repasto, o vírus infecta o mosquito e após um período de oito a doze dias de incubação, pode ser transmitido para outras pessoas durante futuros repastos. O mosquito permanece infectado por toda a vida (6 a 8 semanas).

O período de incubação no homem varia de 4 a 10 dias, sendo em média de 5 a 6 dias. Após este período surgem os sintomas da doença.

Veja algumas perguntas e respostas sobre Dengue:

Continue lendo

VACINA PARA LEUCEMIA MIELOIDE AGUDA (LMA)

Uma vacina pode ajudar na cura da leucemia mieloide aguda (LMA) sem a necessidade do transplante de medula óssea. Pesquisadores dos Estados Unidos desenvolveram uma fórmula composta por células humanas e que, aplicada em pacientes depois do fim das sessões de quimioterapia, evita as recaídas, problema frequente durante esse tipo de tratamento. Os criadores acreditam que a substância protetiva poderá ser útil principalmente para os indivíduos mais velhos, que têm grandes restrições ao transplante. Detalhes do trabalho foram divulgados na edição desta semana da revista Science Translational Medicine.

A vacina foi desenvolvida com células de defesa retiradas de um paciente com leucemia e células dendríticas, que libertam células-T, capazes de eliminar tumores. “O desenvolvimento dessa vacina personalizada se baseou na premissa de que o tratamento eficaz de cânceres estabelecidos exige a indução de imunidade com vários antígenos (substâncias que ativam a resposta imune do corpo), incluindo os neoantígenos, especificamente expressos pelas células de câncer do próprio paciente”, destaca Donald Kufe, também autor e pesquisador do Instituto do Cancro de Dana-Farbe, em Boston. Continue lendo

DST’s – PRINCIPAIS DÚVIDAS

Doenças sexualmente transmissíveis

 dst

– As chances de se contrair uma DST através do sexo oral são menores do que sexo com penetração?
O fato é que nenhuma das relações sexuais sem proteção é isenta de risco – algumas DST têm maior risco que outras. A transmissão da doença depende da integridade das mucosas das cavidades oral ou vaginal. Independente da forma praticada, o sexo deve ser feito sempre com camisinha.


– Toda ferida ou corrimento genital é uma DST?
Não necessariamente. Além das doenças sexualmente transmissíveis, existem outras causas para úlceras ou corrimentos genitais. Entretanto, a única forma de saber o diagnóstico correto é procurar um serviço de saúde.


– É possível estar com uma DST e não apresentar sintomas?

Sim. Muitas pessoas podem se infectar com alguma DST e não ter reações do organismo durante semanas, até anos. Dessa forma, a única maneira de se prevenir efetivamente é usar a camisinha em todas as relações sexuais e procurar regularmente o serviço de saúde para realizar os exames de rotina. Caso haja alguma exposição de risco (por exemplo, relação sem camisinha), é preciso procurar um profissional de saúde para receber o atendimento adequado.


Continue lendo

CÂNCER RETAL (COLORRETAL) – INFORMAÇÕES

Também chamado de câncer colorretal abrange tumores que acometem um segmento do intestino grosso (o cólon) e o reto.

cancer

Está entre os cânceres mais letais que atingem os brasileiros, sobretudo entre homens homossexuais. A incidência e mortalidade tem aumentado no mundo todo, apresentando uma maior tendência em países em desenvolvidos e em áreas urbanas.

Por ter um histórico lento para seu aparecimento, a prevenção e acompanhamento podem fazer grande diferença entre as possibilidades de um diagnóstico precoce e a sua descoberta tardia. Continue lendo

PREVENÇÃO AO CÂNCER DE PRÓSTATA

prostata A próstata é uma glândula que só o homem possui e que se localiza na parte baixa do abdômen. Ela envolve a porção inicial da uretra, tubo pelo qual a urina armazenada na bexiga é eliminada. A próstata produz parte do sêmen, líquido espesso que contém os espermatozóides, liberado durante o ato sexual.

 

No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma). Em valores absolutos e considerando ambos os sexos é o quarto tipo mais comum e o segundo mais incidente entre os homens. A taxa de incidência é maior nos países desenvolvidos em comparação aos países em desenvolvimento. Continue lendo

O QUE PODE CAUSAR A DISFUNÇÃO ERÉTIL – (DE)

Disfunção erétil é a incapacidade de se obter ou manter uma ereção adequada para a prática da relação sexual, tal disfunção não deve ser confundida com a falta ou diminuição no “apetite sexual”, nem com dificuldade em ejacular ou em atingir o orgasmo.

disfuncao-eretil

O homem com disfunção erétil costuma sentir ansiedade diante da proximidade da relação sexual, medo do fracasso, preocupações acerca do seu desempenho sexual e, até redução do sentimento de excitação e prazer sexual. A disfunção pode, ainda, perturbar o relacionamento afetivo-amoroso, trazendo desconfianças e desentendimentos, e conduzir ao rompimento da relação.

Continue lendo

SEXUALIDADE MASCULINA – INFORMAÇÕES PARA TODAS AS IDADES

sexualidade

Embora homens e mulheres passem pelas mesmas fases, existem especificidades em cada uma delas, nomeadamente, em termos de duração e intensidade no encontro sexual.
Os estímulos eróticos, que potenciam uma resposta sexual, podem incluir imagens mentais, visuais, odores, sons e/ou carícias.

A resposta sexual masculina está extremamente ligada à elaboração de fantasias mentais, à visualização do objeto do desejo e às carícias das zonas erógenas. Este tipo de  resposta sexual passa normalmente por quatro fases:

• Desejo;
• Excitação;
• Clímax ou orgasmo;
• Resolução ou regresso.

Continue lendo