O QUE É NOMA? A DOENÇA DEVORADORA DE ROSTOS

Noma é uma doença também conhecida como também conhecida como estomatite gangrenosa ou oris cancrum, trata-se de um processo gangrenoso intenso dos tecidos moles da face.

Noma é definida como uma afecção gangrenosa que afeta principalmente a face de crianças, destruindo os tecidos da esfera oro facial, estando associada à má higiene.

Embora a Noma tenha sido descrita como doença a mais de 150 anos, ainda não se sabe qual microrganismo é responsável pela doença. Ocorre principalmente em crianças com idade entre 2 e 7 anos.

Hoje Noma é vista na África subsariana, na Ásia e no sul da América, tendo poucos casos relatados em países desenvolvidos. A OMS estima que 140 mil crianças são afetadas pela Noma por ano, em algumas partes da África a incidência varia de 2 a 4 casos para cada 10.000 crianças. Continue lendo

DIFTERIA

Também chamada de crupe, a Difteria é uma doença infectocontagiosa causada pela toxina do bacilo Corynebacterium diphtheriae, que provoca inflamação e lesão em partes das vias respiratórias (amígdalas, faringe, laringe, traqueia, brônquios, nariz) e, às vezes, da pele.

Corynebacterium diphtheriae é um bacilo transmitido por contágio direto com doentes ou portadores assintomáticos (que não manifestam a doença) através das secreções nasais.

Também pode ocorrer a transmissão indireta, através de objetos que tenham sido contaminados recentemente pelas secreções de orofaringe ou de lesões em outras localizações.

A incidência da transmissão de difteria costuma aumentar nos meses frios e, principalmente, em ambientes fechados, devido à aglomeração. Continue lendo

DOENÇA DE LYME: VOCÊ CONHECE?

Também conhecida como Borreliose Brasileira, a Doença de Lyme é uma doença causada pela bactéria espiroqueta Borrelia burgodorferi,  transmitida geralmente pela picada do carrapato da espécie Ixodes ricinus infectado.

Diagnosticada pela primeira vez no país em 1992, a doença de Lyme brasileira é uma bactéria que pode apresentar variações genéticas conforme a região em que se encontra.  De notificação obrigatória,  já foram detectados casos em São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina e no Rio Grande do Norte.

A doença de Lyme é a infecção transmitida por insetos mais comum nos Estados Unidos.

Alguns roedores são reservatórios naturais da bactéria, transmitida por carrapatos do gênero Ixodes e, em especial, pela espécie Amblyomma cajennense (a mesma que transmite a febre maculosa). Continue lendo