METILDOPA: CARACTERÍSTICAS FARMACOLÓGICAS

A metildopa é um fármaco anti-hipertensivo utilizado também para o controle da hipertensão gestacional e a pré-eclâmpsia. Apresenta formas farmacêuticas de comprimido e xarope, está ultima incomum no Brasil.

Por ser um fármaco anti-hipertensivo é destinado ao tratamento de hipertensão (leve, moderada ou grave).

A metildopa é um inibidor da descarboxilase de aminoácidos aromáticos em animais e seres humanos. O efeito anti-hipertensivo da metildopa deve-se provavelmente à sua transformação em alfametilnoradrenalina, que reduz a pressão arterial por estimulação dos receptores inibitórios alfa-adrenérgicos centrais, falsa neurotransmissão e/ou redução da atividade da renina plasmática. A metildopa demonstrou reduzir a concentração tecidual de serotonina, dopamina, noradrenalina e adrenalina. Continue lendo

MESILATO DE DOXAZOSINA

Fármaco pertencente ao grupo dos alfa-bloqueadores, o mesilato de doxazosina é um medicamento usado para o tratamento da hipertensão arterial e para hiperplasia prostática benigna (HPB).

Disponível em comprimidos de 1, 2 ou 4 mg, geralmente tomado uma vez ao dia. É absorvida 15% melhor sem alimento.

Este medicamento é usado no tratamento de sintomas clínicos da hiperplasia prostática benigna, assim como para o tratamento da redução do fluxo urinário associada à HPB. O mesilato de doxazosina pode ser administrado em pacientes com HPB que sejam hipertensos ou normotensos. Enquanto não são observadas alterações clinicamente significativas na pressão sanguínea de pacientes normotensos com HPB, pacientes com HPB e hipertensão apresentam ambas as condições tratadas efetivamente com monoterapia com mesilato de doxazosina.

No caso da hipertensão, pode ser utilizado como agente inicial para o controle da pressão sanguínea na maioria dos pacientes. Continue lendo

LOSARTAN: INFORMATIVO

O Losartan ou Losartana é um medicamento antagonista dos receptores de angiotensina (ARAs). Tem sua principal indicação, tal como dos outros ARAs, é no tratamento da hipertensão.

Este medicamento foi desenvolvido pela Merck Sharp & Dohme, e comercializado sob o nome Cozaar. O losartan foi o primeiro ARA a ser disponibilizado no mercado. Porém hoje já existem outros fabricantes e outras derivações.

Este medicamento é encontrado na forma de Sal Potássico, nas concentrações de 12,5 mg, 25 mg e 50 mg. Também pode estar associado a Hidroclorotiazida. Continue lendo

OS PRINCIPAIS PROBLEMAS DE SAÚDE DO HOMEM MODERNO

Nossos dias são divididos entre trabalho, família, estudos e todas as atividades que precisamos cumprir. Esta rotina faz com que a grande maioria das pessoas se esqueçam do que deveria ser prioridade: a saúde.

A impressão que se tem é que os dias estão menores para tantas obrigações, e a falta de cuidados com a própria saúde prejudica o desempenho profissional e até mesmo as relações sociais.

Veja abaixo os 7 principais problemas de saúde, enfrentados pelo homem moderno: Continue lendo

O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE A HIPERTENSÃO ARTERIAL?

A Hipertensão, usualmente chamada de pressão alta, é ter a pressão arterial, sistematicamente, igual ou maior que 14 por 9. A pressão se eleva por vários motivos, mas principalmente porque os vasos nos quais o sangue circula se contraem. O coração e os vasos podem ser comparados a uma torneira aberta ligada a vários esguichos. Se fecharmos a ponta dos esguichos a pressão lá dentro aumenta. O mesmo ocorre quando o coração bombeia o sangue. Se os vasos são estreitados à pressão sobe.

A pressão alta ataca os vasos, coração, rins e cérebro. Os vasos são recobertos internamente por uma camada muito fina e delicada, que é machucada quando o sangue está circulando com pressão elevada. Com isso, os vasos se tornam endurecidos e estreitados podendo, com o passar dos anos, entupir ou romper.

Todas essas situações são muito graves e podem ser evitadas com o tratamento adequado, bem conduzido por médicos. Continue lendo

CLORIDRATO DE HIDRALAZINA: CONSIDERAÇÕES GERAIS SOBRE O FÁRMACO

A Hidralazina é um fármaco vasodilatador, com indicação para hipertensão arterial, pulmonar e insuficiência cardíaca.

Também pode ser indicado para o tratamento de hipertensão essencial, isolada ou acompanhada. É utilizado concomitante, com outros anti-hipertensivos, como betabloqueadores e diuréticos.

Apesenta-se na forma oral ou injetável sobre os nomes comerciais de Apresolina® e Nepresol® e provoca vasodilatação sistêmica nos usuários. As concentrações mais comuns são 25mg e 50 mg e injetável 20mg/ml.

A hidralazina oral deve ser engolida, sem mastigar, com um copo de água. Evite sempre tomar o medicamento com refrigerantes, bebidas cítricas industrializadas (exemplo: Schwepes citrus®, Fanta citrus®,Tampico®), café e com chás.

Não corte o comprimido, pois além de não estar tomando a dose correta, a validade do medicamento pode ser comprometida ao ser partido.

Continue lendo

MINOXIDIL – PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS

O Minoxidil é um fármaco capaz de reduzir a pressão arterial por promover  vasodilatação potente e de longa duração. Sua ação hipotensora foi descoberta em 1965 e teve impacto significativo no tratamento da hipertensão arterial, pois funciona em casos mais agressivos da doença.

Como provoca hirsutismo, seu metabólito é associado a cremes, loções e sprays para tratamento da calvície.

Minoxidil não cura a queda de cabelo, apenas retarda os efeitos da alopecia.

Este medicamento pode ser usado por mulheres

É indicado para pessoas com idade inferior a 40 anos e na situação de perda recente dos fios, estimulando o crescimento do cabelo e retardando a calvície.

Pode ser apresentado em comprimidos para o tratamento de hipertensão arterial resistente e em formato de loção para tratamento da calvície.


Continue lendo