NIMESULIDA É TÓXICA PARA O FÍGADO?

A Nimesulida costumar ser indicada para alívio de dores agudas, como dor de ouvido, garganta e de dente. Além disso, algumas mulheres utilizam para controlar as cólicas menstruais. Já a forma em gel é usada para alívio das dores de tendões, ligamentos, músculos e nas articulações em casos de traumatismo.

Segundo informações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a nimesulida é uma substância que inibe a produção de enzimas liberadas durante o processo de inflamação, tendo, portanto, efeito analgésico e antitérmico.

Uma revisão de literatura publicada na Revista Brasileira de Farmácia (RBF), mostrou que a nimesulida pode afetar o fígado de pacientes de forma severa e até fatal. Os pesquisadores acreditam que o consumo do medicamento está associado a alterações nos padrões de funcionamento das mitocôndrias – organelas que atuam na respiração celular -, levando à morte das células do fígado. Por causa dos efeitos colaterais, os médicos tentam evitar que o paciente use o remédio por muito tempo já que ele também pode afetar os rins. Continue lendo