CIRURGIA METABÓLICA: O QUE É?

Define-se cirurgia metabólica como qualquer intervenção do tubo digestivo, que tem como finalidade o controle do diabetes do tipo 2, com ou sem medicação através de mecanismos independentes da perda de peso, e também secundariamente por perda de peso.

A Cirurgia Metabólica poderá ser indicada para o tratamento de pacientes que possuem diabetes mellitus Tipo 2 (DM2), com Índice de Massa Corporal entre 30 Kg/m2 a 35 Kg/m2.

Também é necessário que o paciente não responda bem aos outros tratamento para controle da diabetes tipo 2, não tenha a doença diagnosticada a mais de 10 anos e idade mínima de 30 anos e máxima de 70.

Continue lendo

TRATANDO A GRIPE: PINGAR ÁGUA OXIGENADA NO OUVIDO É EFICAZ?

Tem circulado na internet, já há algum tempo, a informação de que se pingar gotas de água oxigenada (Peróxido de Hidrogênio) no ouvido pode amenizar ou até mesmo curar a gripe.

Esta informação tem sido massivamente compartilhada pelas mídias sociais e bloque. Podemos até encontrar tutoriais e infográficos no google contendo essa informação, tal como podemos observar abaixo.

A solução feita à base de peróxido de hidrogênio é usada para limpar ferimentos da pele e cicatrizes cirúrgicas. Como tem função desinfetante, pode eliminar  bactérias e vírus que causam infecções locais e tem seu uso bem estabelecido pela medicina. A questão é que não há indícios de que ela consiga atravessar a derme para, assim, agir sistemicamente. Continue lendo

O HIV É UM RETROVÍRUS?

O vírus da imunodeficiência humana (HIV) é um retrovírus, um tipo de vírus que, como muitos outros, armazena suas informações genéticas como RNA e não como DNA (a maioria dos outros seres vivos usa DNA).

Quando o HIV entra em uma célula humana, ele libera o seu RNA, e uma enzima chamada transcriptase reversa faz uma cópia do DNA do RNA do HIV. O DNA do HIV resultante é integrado no DNA da célula infectada. Este processo é o reverso daquele usado pelas células humanas, que fazem uma cópia de RNA do DNA. Assim, o HIV é chamado um retrovírus, como referência ao processo reverso (para trás).

Outros vírus de RNA (como o da poliomielite, da gripe ou do sarampo), ao contrário dos retrovírus, não fazem cópias do DNA após invadirem as células. Eles simplesmente fazem cópias de RNA do seu RNA original.

Cada vez que a célula infectada pelo HIV se divide, ela faz uma nova cópia do DNA do HIV integrado, assim como seus próprios genes. A cópia do DNA do HIV é

·         Inativa (latente): o vírus está presente, mas não causa danos.

·         Ativada: o vírus assume as funções da célula infectada, fazendo com que esta produza e libere muitas cópias novas do HIV que acabam por invadir outras células.

Continue lendo