PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE CERATOCONE

O ceratocone é uma doença que afeta o formato e a espessura da córnea, provocando a percepção de imagens distorcidas.

É uma doença ocular progressiva, não inflamatória, que é mais comum do que se imagina. Estudos apontam que 1 em cada 20 mil pessoas em todo o mundo. É considerada grave, justamente por seu caráter progressivo, e que pode levar à perda da visão, quando não tratada.

O ceratocone apresenta-se como um astigmatismo irregular, levando o paciente a trocar o grau do astigmatismo com frequência. O diagnóstico definitivo desta patologia é feito com base nas características clínicas e com exames objetivos como a topográfica corneana e a paquimetria ultrassônica. Continue lendo

PRINCIPAIS PERGUNTAS SOBRE O SARAMPO

O sarampo é uma doença infecciosa aguda, de natureza viral, grave, transmissível e extremamente contagiosa, muito comum na infância.

A viremia, causada pela infecção, provoca uma vasculite generalizada [vesículas], responsável pelo aparecimento das diversas manifestações clínicas, inclusive pelas perdas consideráveis de eletrólitos e proteínas, gerando o quadro espoliante característico da infecção. Além disso, as complicações infecciosas contribuem para a gravidade do Sarampo, particularmente em crianças menores de um ano de idade.

Acredita-se que estas complicações sejam desencadeadas pelo próprio vírus do sarampo que, na maior parte das vezes, atinge mais gravemente os desnutridos, os recém-nascidos, as gestantes e as pessoas portadoras de imunodeficiências.

Continue lendo

PRESERVATIVO MASCULINO (CAMISINHA) – DÚVIDAS FREQUENTES

O preservativo masculino ou camisinha é uma capa de borracha (látex) – que também pode ser encontrado em versões sem látex – que, colocada corretamente sobre o pênis, evita a transmissão de doenças como a Aids, hepatites virais e outras doenças sexualmente transmissíveis (DST). Serve também como contraceptivo para a gravidez.

Embora ele seja amplamente recomendado para prevenir DST’s  e a gravidez indesejada, sendo inclusive distribuída pelo SUS, ainda existem muitas dúvidas sobre o seu uso e quais cuidados ela oferece realmente.

 

Veja abaixo algumas das principais perguntas sobre esse produto:

Continue lendo

HANSENÍASE: DÚVIDAS FREQUENTES

A hanseníase é uma doença crônica, infectocontagiosa, cujo principal agente etiológico é o  Mycobacterium leprae (M. Leprae). Esse bacilo tem a capacidade de infectar grande número de indivíduos, no en­tanto poucos adoecem. A doença atinge pele e nervos periféricos podendo levar a sérias incapacidades físicas. A hanseníase é uma doença de notificação compulsória em todo o território nacional e de investigação obrigatória.

Conhecida antigamente como “lepra”, a hanseníase é uma doença que acomete 1,51 pessoa a cada 10 mil habitantes no Brasil, segundo dados de 2014. Apenas no ano passado, foram registrados 33 mil novos casos da doença. Entretanto, em relação aos últimos 10 anos, houve uma queda de 65% na taxa de prevalência. A redução foi resultado de ações de combate à doença, intensificadas nos últimos anos.

Para esclarecer um pouco mais as dúvidas sobre o assunto, veja abaixo a resposta as principais dúvidas que surgem sobre a hanseníase:

Continue lendo