HANSENÍASE AO LONGO DA HISTÓRIA

Também conhecida como lepra ou mal de Lázaro, a hanseníase é uma doença infecciosa, contagiosa, que afeta os nervos e a pele e é causada por um bacilo chamado Mycobacterium leprae.

Associada a desigualdades sociais, afetando principalmente as regiões mais carentes do mundo, a doença é transmitida através das vias aéreas (secreções nasais, gotículas da fala, tosse, espirro) de pacientes considerados bacilíferos, ou seja, sem tratamento.

O paciente que está sendo tratado deixa de transmitir a doença, cujo período de incubação pode levar de três a cinco anos. A maioria das pessoas que entram em contato com estes bacilos não desenvolve a enfermidade. Continue lendo

QUELÓIDES

Os queloides consistem em formações de tecido fibroso, lisas, brilhantes, de cor de carne, que surgem numa zona lesionada ou sobre as cicatrizes cirúrgicas.

Os queloides consistem no crescimento excessivo de tecido cicatricial. Podem desenvolver-se nos meses posteriores a uma lesão. Podem ter altura de até 0,5 centímetro ou mais em relação à superfície da pele. Os queloides podem surgir após alguma lesão, incluindo incisões cirúrgicas e acne. São mais comuns em pessoas de pele escura e geralmente surgem no meio do tórax, nos ombros, na parte superior das costas e, às vezes, no rosto e nos lóbulos das orelhas. Ocasionalmente, podem surgir de maneira espontânea.

Os queloides são brilhosos, duros, lisos e um pouco rosados ou escuros. Os queloides não causam dor, mas podem coçar ou ser sensíveis ao toque. Continue lendo