SÍNDROME DA FADIGA CRÔNICA – DIAGNÓSTICO

Não há análises laboratoriais que confirmem o diagnóstico da síndrome da fadiga crônica. Portanto, os médicos precisam descartar outras doenças que podem causar sintomas semelhantes. Às vezes, os médicos realizam testes para descartar distúrbios como anemia, anormalidades de eletrólitos, insuficiência renal, distúrbios inflamatórios (como artrite reumatoide) ou distúrbios da tireoide ou das glândulas adrenais.

O diagnóstico da síndrome da fadiga crônica só é feito se não se encontrar qualquer outra causa, incluindo os efeitos colaterais dos medicamentos, que explique a fadiga e os demais sintomas. Continue lendo

CÂNCER DE PULMÃO: NOVO EXAME REDUZ TEMPO DE DIAGNÓSTICO

Pela primeira vez no Brasil, três das maiores empresas farmacêuticas se unem por um objetivo comum: agilizar o diagnóstico preciso dos casos de câncer de pulmão. Hoje, cerca de 80% dos pacientes não fazem exame para definir se possuem a mutação EGFR, a translocação ALK ou a expressão do PD-L1. A identificação desses subtipos da doença é importante para o uso de terapias alvo, que atingem diretamente o câncer. Quando o paciente sabe exatamente seu tipo de mutação, pode receber medicação específica.

Segundo os especialistas, a quimioterapia é pouco usada no tratamento do câncer de pulmão. Eles comparam o procedimento a “um tiro de canhão para matar uma formiga.” Assim, as empresas AstraZeneca, Bristol-Myers Squibb e Pfizer decidiram criar um novo sistema, o Inspire, no qual o paciente não tem custo algum para fazer o exame de detecção dos subtipos da doença e descobrir, a partir do resultado, a melhor forma de tratá-la. Continue lendo

HIPERPLASIA PROSTÁTICA BENIGNA – HPB

HPB é a sigla para hiperplasia prostática benigna, um nome complicado para um problema urinário comum que afeta os homens, especialmente aqueles acima de 50 anos. A HPB causa um desconforto e uma piora da qualidade de vida de milhões de homens no mundo todo.

Um outro nome para a HPB é “aumento prostático benigno”, e isto é exatamente o que acontece na HPB. A glândula prostática que circunda a uretra começa a crescer, comprimindo-a e dificultando a passagem de urina pelo canal.

medico-e-paciente-2

Continue lendo