TENSÃO PRÉ-MENSTRUAL – TPM

TPM é a abreviação de tensão pré-menstrual, que é uma combinação de sintomas que algumas mulheres apresentam aproximadamente uma semana antes de menstruar. Os sintomas aparecem antes do início da menstruação (até dez dias antes) e desaparecem durante a menstruação. Os sintomas podem afetar seu corpo E seu cérebro, e a intensidade pode variar muito de mulher para mulher. Em algumas mulheres, a TPM é interrompida somente com o fim do fluxo.

A principal causa da TPM é a alteração hormonal feminina durante o período menstrual, que interfere no sistema nervoso central. Parece haver uma conexão entre os hormônios sexuais femininos, as endorfinas (substâncias naturais ligadas à sensação de prazer) e os neurotransmissores, tais como a serotonina. É importante ressaltar que essa síndrome acompanha a menstruação normal da mulher.

Cerca de 75% de todas a mulheres possuem ou desenvolvem algum sintoma de TPM. Mas todas sofrem de alguma forma ou manifestação emocional no período pré-menstrual.

Continue lendo

POR QUE DEVEMOS CUIDAR MELHOR DAS TOALHAS?

Cientistas afirmam que as toalhas que usamos diariamente para secar mãos, rosto ou todo o corpo são locais de cultivo de todo tipo de bactérias e fungos, além de acumularem células de pele morta e secreções salivares, anais e urinárias.

 

Para piorar, as toalhas também podem acumular ácaros e outros agentes prejudiciais à saúde.

Esses pedaços de tecido são ambientes ideais para a proliferação de tudo isso, pois têm muitas das condições indispensáveis para garantir a vida dos micróbios, entre elas água, temperatura alta e oxigênio.

Continue lendo

MUDANÇAS NA PELE DURANTE A GRAVIDEZ

A pele, durante a gravidez, revela profundas modificações que ocorrem no organismo materno. Mesmo sendo alterações fisiológicas (normais do organismo, sem significar doença), podem ser motivo de angústia para muitas gestantes. Estas alterações podem permanecer após o parto ou desaparecerem espontaneamente e, a não ser em casos extremos, não merecem tratamento.

gravida-barriga

Além do crescimento da barriga, pode-se também notar diversas alterações na pele, algumas positivas e outras nem tanto. Como por exemplo, as grávidas tendem a ter a pele mais brilhante devido ao aumento do fluxo sanguíneo, que provoca um rejuvenescimento e as já famosas mudanças hormonais, que fazem com que as glândulas sebáceas entrem em grande produção.

Continue lendo

TONTURAS – 10 PRINCIPAIS CAUSAS

tontura-que-pode-ser-370x215

1 – POUCO AÇÚCAR NO SANGUE

A glicose é o combustível do corpo. Na falta dele, pode haver instabilidade. A situação ocorre, sobretudo, com quem come muito açúcar. O organismo joga muita insulina no sangue e ocorre a hipoglicemia.

2– ANEMIA

A falta de ferro suficiente para produzir hemoglobina, pode dificultar a chegada de oxigênio ao cérebro.

3 – DOENÇAS DO LABIRINTO

A sensação típica é de uma vertigem. Doença de Meriere, Neuronite vestibular e Vertigem postural paroxística são alguns dos problemas causadores de tonturas.

Continue lendo

ANTIBIÓTICOS – POR QUE SÃO IMPORTANTES?

antibioticos

Por que é tão importante aprender sobre os antimicrobianos?

Os antimicrobianos correspondem a uma classe de fármacos que é consumida frequentemente em hospitais e na comunidade. Entretanto, são os únicos agentes farmacológicos que não afetam somente aos pacientes que os utilizam, mas também interferem de forma significativa no ambiente do paciente por alteração da ecologia microbiana.

O conhecimento dos princípios gerais que norteiam o uso de antimicrobianos, assim como das propriedades e características básicas dos antimicrobianos disponíveis, são essenciais para uma escolha terapêutica adequada.

Continue lendo

IDOSOS EM CASA – DICAS

A queda se trata de um evento não intencional de deslocamento do corpo durante um movimento executado que é incapaz de ser corrigido. É um problema sério de saúde pública e de relevante impacto social na vida dos idosos, relacionando as consequências desse evento à perda de confiança, baixa autoestima, isolamento social e depressão.

É o mais frequente e sério problema de acidente doméstico registrado em idosos que pode resultar em hospitalização, dependência de locomoção e até a morte. Uma parcela de 30% dos idosos acima de 65 anos sofrem quedas pelo menos uma vez por ano e metade já moram em asilos ou casas de repouso, sendo mais frequente em mulheres que homens e os riscos aumentam consideravelmente em idosos acima de 75 anos, de acordo com um estudo realizado em comunidades americanas.

Continue lendo