URTICÁRIA – AGUDA E CRÔNICA

O QUE É A URTICARIA?

A urticária consiste em inchaços avermelhados, levemente salientes, que coçam. A coceira pode ser grave ou moderada. A urticária possui bordas definidas e pode ter uma parte central pálida.

Tipicamente, os surtos de urticária aparecem e desaparecem. A urticária pode permanecer durante várias horas e logo desaparecer, surgindo outra em qualquer outro local depois. Depois de a urticária desaparecer, a pele geralmente fica com aspecto completamente normal.

O inchaço de uma urticaria é causado pela liberação de substâncias químicas (como a histamina) dos mastócitos na pele, que causam o vazamento temporário de líquido para fora dos pequenos vasos sanguíneos. Continue lendo

VASCULITE DE CHURG-STRAUSS

A vasculite de Churg-Strauss é uma vasculite autoimune e de etiologia indeterminada, também denominada de granulomatose eosinofílica, angeíte lérgica granulomatosa e doença de Churg-Strauss.

A vasculite de Churg-Strauss foi primeiramente descrita em 1951 por Churg e Strauss. É caracterizada por uma tríade clínica de asma, hipereosinofilia e vasculite necrosante. Os pacientes encontram-se usualmente na faixa etária de 20 a 40 anos e homens e mulheres são igualmente afetados.

Inflamações capazes de afetar os vasos sanguíneos pequenos e médios (vasculite) podem afetar qualquer órgão. Os órgãos mais frequentemente afetados são o sistema nervoso periférico, os seios paranasais, a cútis, as articulações, os pulmões, o aparelho digestivo, o coração e os rins. Coleções de células imunológicas que deflagram a inflamação (chamadas granulomas) formam nódulos e atacam o tecido. Continue lendo

VASCULITE OU ANGIITE – INFLAMAÇÃO DOS VASOS SANGUÍNEOS

A Vasculite, uma enfermidade que também pode ser chamada de Angeiite, é o nome dado aos casos onde o paciente tem alguma inflamação nos vasos sanguíneos.

Vasculite é o nome dado ao grupo de doenças que provocam inflamação dos vasos sanguíneos.  A inflamação de uma artéria ou veia leva ao espessamento de sua parede, diminuindo o espaço para a circulação do sangue. Conforme esse espessamento progride, o vaso pode se fechar, cessando o fluxo sanguíneo por completo. Se não tratada a tempo, a vasculite leva à cicatrização, necrose e morte definitiva dos vasos acometidos.

As Vasculites são doenças autoimunes. Isto significa que os mecanismos do nosso organismo, que nos deviam proteger de agressões externas, como as infecções, perdem a capacidade de distinguir entre o que é um agente estranho e um tecido que pertence ao próprio organismo, começando a atacar órgãos saudáveis do nosso corpo (neste caso os vasos sanguíneos), causando-lhes lesões. As lesões causadas pela vasculite dependem quer do tamanho do vaso afetado, quer do órgão ou órgãos atingidos, dando origem a vários tipos de vasculite. Continue lendo

ANEMIA HEMOLÍTICA AUTOIMUNE: RESUMO INFORMATIVO

A anemia hemolítica autoimune (AHAI) é uma patologia autoimune em que vários tipos de anticorpos são dirigidos contra os glóbulos vermelhos do sangue fazendo com que a sua sobrevivência seja encurtada e resultando em anemia hemolítica.

A AHAI na maioria das vezes é revelada por uma invulgar fraqueza e fadiga com taquicardia e dispneia, e também em alguns casos, icterícia, urina escura e/ou esplenomegalia.

A anemia hemolítica autoimune é um grupo incomum de distúrbios que podem ocorrer em qualquer idade. Esses distúrbios afetam as mulheres mais frequentemente que os homens. Em cerca de metade dos casos, não é possível determinar a causa da anemia hemolítica autoimune (anemia hemolítica autoimune idiopática). A anemia hemolítica autoimune também pode ser causada por ou ocorrer junto com outro distúrbio, como o lúpus eritematoso sistêmico (lúpus), e em casos raros decorre do uso de certos medicamentos, como a penicilina. Continue lendo