“BLACKOUT” ALCOÓLICO, O QUE É?

De acordo com uma matéria publicada pela BBC News, o blackout alcoólico é  a amnésia provocada pelo excesso de álcool, que ocorre quando o cérebro se torna incapaz de registar os eventos experimentados durante uma bebedeira.

Tal acontece, porque o hipocampo ,área do cérebro que tem um papel crucial em consolidar as memórias do cotidiano, é impedido de funcionar corretamente  pelo álcool, explica o Instituto Nacional de Abuso do Álcool e de Alcoolismo dos EUA (NIAAA).

Por sua vez, esse processo leva o indivíduo a ter falhas no sistema de registo cerebral. Continue lendo

POR QUE O ABUSO DE ÁLCOOL AFETA MAIS AS MULHERES QUE OS HOMENS?

Os homens costumavam ser os grandes consumidores de bebida alcoólica da sociedade ocidental. Nos anos 1960, não faltam doses de uísque no escritório, almoços regados a coquetéis e rodadas de drinques após o expediente. Naquela época, o bar era um lugar em que poucas mulheres se atreviam a pisar.

No entanto, epidemiologistas observam que o aumento das propagandas de bebida direcionadas às mulheres e as mudanças nos papéis atribuídos aos gêneros alteraram gradativamente esse cenário.

No geral, os homens ainda são quase duas vezes mais propensos a consumir álcool em excesso do que as mulheres. Mas isso não se aplica, especificamente, aos mais jovens. Na verdade, as mulheres nascidas entre 1991 e 2000 bebem tanto quanto os homens da mesma geração – e podem vir a superá-los. Continue lendo

CIRROSE HEPÁTICA: O QUE É?

A cirrose é uma lesão hepática crônica resultante de uma variedade de causas, das quais levam à formação de cicatrizes e insuficiência hepática.

O fígado é capaz de reparar-se quando agredido. No entanto, se a agressão ocorrer de forma persistente ao longo de vários anos, o processo de reparação passa a envolver a criação de tecido cicatricial em vez de tecido com células hepáticas capazes de executar suas funções. Assim, situações nas quais há contínua agressão do fígado, como ocorre, por exemplo, com o consumo crônico e abusivo de álcool, podem causar cicatrizes em áreas significativas no fígado, processo no qual damos o nome de cirrose.

A cirrose é uma doença do fígado. Caracteriza-se por uma substituição progressiva dos tecidos saudáveis do fígado por nódulos e tecido fibroso, o que prejudica progressivamente a função hepática. Trata-se de uma doença grave e irreversível, que pode permanecer estável ou evoluir para falência do órgão. Continue lendo

SÍNDROME ALCOÓLICA FETAL (SAF)

A Síndrome Alcoólica Fetal é o termo usado para descrever o dano sofrido por alguns fetos quando a mãe ingere bebidas alcoólicas durante a gravidez.

A ingestão de álcool pela mãe durante a gravidez atinge a corrente sanguínea da mesma, passando, em seguida, para o feto através das trocas de nutrientes na placenta. Não há quantidade segura de álcool que possa ser ingerido durante a gravidez. Entretanto, a quantidade e a fase da gravidez podem aumentar o risco de surgimento da síndrome, o filho pode ser submetido a uma dose tóxica de álcool durante sua gestação.

A bebida alcoólica prejudica algumas áreas do cérebro do bebê e compromete funções importantes como o equilíbrio, aprendizado e memória e o relacionamento social.

O conhecimento acerca dos efeitos do álcool na gestação é considerado recente; acredita-se que os primeiros relatos surgiram em 1968 na França, onde pesquisadores descreveram graves efeitos adversos do álcool em 127 casos de filhos de mães alcoolistas. Após cinco anos, a terminologia “Síndrome Alcoólica Fetal” (SAF) foi proposta por Jones e Smith nos Estados Unidos, quando apresentaram um padrão de malformações em fetos de mães alcoolistas e critérios diagnósticos.

Continue lendo

ALCOOLISMO: COMO IDENTIFICAR?

Os sintomas do alcoolismo podem se manifestar em diversas fases da vida de uma pessoa que tem problemas com álcool.

Entre os indivíduos dependentes, há diferentes níveis de gravidade que dependerão da presença de sintomas de abstinência e da quantidade e impacto das perdas e prejuízos advindos do uso da substância.

Independente do nível de gravidade dos sintomas do alcoolismo é importante buscar auxílio para que o dependente possa ter chance de se recuperar.

O alcoolismo é uma doença séria que precisa ser tratada.

Continue lendo