ESTATISTICAS DO HIV/AIDS NO BRASIL 2016

app_featQUEDA NOS CASOS DE MORTES POR HIV/AIDS

A taxa caiu de 9,7 óbitos por 100 mil habitantes, em 1995, para 5,6 em 2015. Ou seja, a taxa de mortalidade em 20 anos caiu  42,3%.

Segundo o Ministério da Saúde, o incentivo ao diagnóstico e ao tratamento precoce, antes dos primeiros sintomas, refletiram na redução dessas mortes.

A pasta ainda informou que, de janeiro a outubro de 2016, 34 mil novas pessoas com HIV e Aids entraram em tratamento pelo SUS. Em relação ao tratamento da doença, o número subiu de 44%, em 2012, para 64%, em 2015, ou 455 mil pessoas.

 

AIDS EM MENORES DE 5 ANOS

A taxa de detecção de Aids em menores de cinco anos caiu 36% nos últimos seis anos, passando de 3,9 casos por 100 mil habitantes

Um dos critérios é que a detecção de AIDS em menores de 5 anos sejam iguais ou inferiores q 0,3 p/ cada mil crianças nascidas vivas.

A diretora do UNAIDS no Brasil, Georgiana Braga, disse que é preciso ” começar a proteger os bebês e as crianças para assegurar a prevenção da Aids ao longo da vida”.

 

INFORMAÇÃO EM:  R7.com

http://noticias.r7.com/saude/cresce-o-numero-de-homens-com-aids-no-brasil-mais-de-100-mil-pessoas-nao-sabem-que-estao-infectadas-30112016

mapa_brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *