DEPRESSÃO ATÍPICA

A depressão é uma doença mental caracterizada por sentimentos de profunda tristeza e falta de interesse em atividades. É um estado de desânimo persistente que afeta a capacidade de funcionar e apreciar diferentes aspectos da vida

A depressão atípica é a depressão com períodos de melhor humor em resposta a eventos positivos. A variedade atípica também apresenta alguns sintomas que geralmente não são encontrados na depressão.

A causa da depressão atípica é desconhecida, mas é provavelmente devido a mudanças na química do cérebro. É provavelmente o resultado de uma combinação de fatores genéticos e ambientais.

Embora a causa exata da depressão não tenha sido claramente estabelecida, existem vários fatores relacionados à depressão atípica, como os seguintes:

  • Tem um histórico familiar de depressão.
  • Tem um histórico pessoal de doença mental.
  • Sofrer doenças crônicas, como câncer.
  • Ter experimentado eventos traumáticos ou estressantes.
  • Tem uma história de abuso físico ou sexual.
  • Tem uma história de transtorno de abuso de álcool ou drogas.
  • Consumir certos medicamentos.
  • Falta de um sistema de suporte.

SINTOMAS

Eles variam de uma pessoa para outra, mas alguns são chave:

  • Uma melhora temporária do estado de ânimo – provocada, por exemplo, pela chegada de boas notícias, da mensagem de um amigo ou elogio do chefe – seguida de uma recaída;
  • Aumento do apetite e ganho de peso;
  • Dormir por longas horas e, ainda assim, sentir sono durante o dia (enquanto outros tipos de depressão fazem as pessoas dormirem menos);
  • Sensação de torpor e peso nos braços e nas pernas em vários momentos durante o dia;
  • Maior sensibilidade a críticas e rejeição, que pode afetar as relações pessoas e de trabalho.
  • Comer em excesso

A dificuldade de se perceber que uma pessoa que aparentemente se encontra bem está com depressão faz desta modalidade da doença mais perigosa que as outras, mas há outros fatores que agravam esses casos.

De um lado, aquele que sofre da doença atípica demora mais a procurar tratamento por não conseguir identificá-la. De outro, essas mesmas pessoas costumam ter dificuldade para reconhecer emoções. Assim, trabalhar a partir de um ponto de vista psicológico com elas é mais difícil. Além disso, a capacidade daqueles que sofrem deste tipo de depressão de continuar realizando suas atividades pode ser contraproducente.

A depressão atípica é  especialmente perigosa por passar desapercebida, por mascarar pensamentos e atos autodestrutivos, o que põe o paciente com esse quadro em risco de vida elevado.


TRATAMENTO

 O tratamento que combina medicação e psicoterapia é geralmente o mais eficaz.

Antidepressivos

Os antidepressivos podem ser mais eficazes em pessoas com depressão atípica. Esses medicamentos podem levar de duas a seis semanas para atingir sua eficácia máxima. Existem muitos tipos diferentes de medicamentos para tratar a depressão atípica. Você vai trabalhar com o seu médico para encontrar o medicamento que é mais benéfico para você e que tem o menor efeito colateral possível.

Terapia

Existem vários tipos de psicoterapia para a depressão atípica. As opções incluem terapia cognitivo-comportamental (TCC) , terapia interpessoal, terapia psicodinâmica ou uma combinação dessas. A terapia destina-se a ajudá-lo a lidar com as dificuldades nos relacionamentos, a mudar o pensamento negativo e os padrões de comportamento e a resolver sentimentos difíceis.

Exercício   

Foi demonstrado que um programa regular de exercícios alivia alguns dos sintomas. Deve desempenhar um papel importante no tratamento geral da depressão atípica.

 



REFERÊNCIA:

– Hospital Infantil Sabará [Depressão Atípica]. Disponível em: https://www.hospitalinfantilsabara.org.br/sintomas-doencas-tratamentos/depressao-atipica/

– Globo G1  [Repotortável : Sintomas de Depressão: Por que a versão atípica do doença é tão perigosa?].Disponível em: https://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2019/02/25/sintomas-de-depressao-por-que-a-versao-atipica-da-doenca-e-tao-perigosa.ghtml

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *