CORIZA

Definida como uma inflamação da mucosa nasal que causa produção excessiva de muco, tanto transparente, amarelo ou com sangue. Em alguns casos a coriza também pode ser acompanhada de espirros e congestionamento nasal. 

A coriza nada mais é do que a palavra que indica secreção nasal ou o ato do nariz estar escorrendo, como é popularmente conhecida.

Quando não tratada, a coriza pode aumentar a probabilidade de se desenvolver a sinusite, bronquite ou mesmo a pneumonia, por exemplo.

A coriza é um sintoma que causa bastante desconforto e não pode ser ignorada, principalmente em idosos, crianças e mulheres grávidas.


O QUE PODE CAUSAR A CORIZA?

A coriza é sintoma de algumas infecções ou processos alérgicos, como:

  • Rinite alérgica, que é causada por poeira, pólen ou alterações climáticas, em que a coriza é transparente e normalmente é acompanhada por espirro, coceira no nariz e obstrução nasal;
  • Infecção viral, em que a coriza é transparente e pode surgir junto a outros sintomas da gripe ou do resfriado, como dor de cabeça e muscular, mal-estar ou febre.
  • Infecção bacteriana, na qual a coriza é amarela-esverdeada e é um sinal comum da rinossinusite bacteriana, cujos sintomas são tosse, dor e peso na cabeça.

Se a coriza for constante, é importante ir ao alergologista ou clínico geral para que seja identificada a causa e possa ser iniciado o tratamento.


TRATAMENTO

O tratamento da coriza é feito normalmente com medicamentos possuem propriedades vasoconstritoras, ou seja, que são capazes de diminuir a vasodilatação da mucosa nasal, sendo recomendado na maioria das vezes a utilização de remédios que combatem a gripe e a alergia, como antialérgicos e antitérmicos.

Além disso, é importante lavar bem as mãos, evitar ambiente muito cheios e com pouca ventilação e realizar a limpeza nasal periodicamente, para desobstruir as vias nasais e permitir a saída do agente causador da coriza.

 



Com informações de: Tua Saúde

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *