COR DO SÊMEN

O sêmen ou esperma é um fluído orgânico produzido pelos machos de várias espécies animais, inclusive os seres humanos, que contém espermatozóides e outras secreções.

Este fluído transporta entre 60 e 300 milhões de espermatozóides (segundo a duração da abstinência prévia). Para fertilizar o óvulo é necessário que o esperma contenha mais de 20 milhões de espermas por ml.

A composição do sêmen pode ser divida em duas partes: o plasma seminal e os espermatozoides. Cerca de 70% do plasma seminal é produzido nas vesículas seminais, contendo aminoácidos, enzimas e principalmente frutose, que é a fonte de energia das células espermáticas. Os outros 30% são produzidos pela próstata e contém, entre outros elementos, a fosfatase ácida e o ácido cítrico. Essas substâncias têm o papel de neutralizar o ambiente ácido do canal vaginal, que é naturalmente nocivo ao esperma. 

Logo após a ejaculação o sêmen é heterogêneo, pois se encontra coagulado. A consistência viscosa e espessa serve para auxiliar a aderência do esperma no útero, facilitando a fecundação. Posteriormente, o esperma vai se tornando uniforme e mais líquido conforme acaba o efeito coagulante.

A cor normal do fluido ejaculatório que desse ser produzido pelo homem humano varia do branco transparente ao leitoso, podendo variar conforme o período de intervalo entre as ejaculações ou com a abstinência sexual.

A variação da cor do sêmen, no entanto, esse pode ser um sinal de alerta, mas importante salientar que nem toda variação necessariamente será provocado por alguma doença.

Veja:


Sêmen Amarelo

Se o homem fica muitos meses sem ejacular, por exemplo, os espermatozoides acabam morrendo e ficam sujeitos à destruição, o que é uma justificativa natural e não alarmante para a tonalidade.

Da mesma forma, alimentos ricos em corantes e em enxofre, como cebola, alho, gemas de ovo e assim por diante, podem dar ao sêmen a cor amarela. Nesse caso, também não há necessariamente um problema relacionado à saúde masculina e pode desaparecer em alguns dias, caso você aumente a ingestão de líquidos.

Por outro lado se mudança da cor do sêmen estiver ligada a uma infecção do trato urogenital, por exemplo, e vier acompanhada de ardência, alteração no fluxo e frequência mictória, dor, febre e ou irritação no pênis, nesse caso, pode ser indicativo de proliferação bacteriana que poderá dar ao sêmen a cor amarela purulenta.

Casos assim também costumam alterar a o odor do sêmen e precisam ser analisados e tratados.

………………………………………………………………………………………

 

Sêmen Marrom (Castanho)

Assim como quando o sêmen esta na coloração mais amarelada, o sêmen de cor marrom ou castanha, também pode ocorrer quando o homem passa longos períodos sem ejacular.

Cirurgias que envolvam o trajeto normal do sêmen no organismo, também podem levar a essa situação.

Outro fator importante para pessoas com sêmen acastanhado são por sangramentos da próstata ou vesículas seminais. Traumas na região reprodutora masculina ou ciclistas que fazem muitas horas pedalando, seguido de período sem ejaculação, também podem levar a esse quadro.

De qualquer maneira, é preciso procurar um urologista, para descartas hemorragias e problemas mais sérios.

 

………………………………………………………………………………………

 

Sêmen Verde

Infecções bacterianas ou causadas por fungos também podem acabar interferindo na tonalidade natural do fluído e o deixando esverdeado. O mais comum é que quadros como este estejam ligados a duas espécies de bactérias, como Neisseria gonorrhoear e Chlamydia trachomatis, que causam infecções sexualmente transmissíveis, como a clamídia e a gonorreia.

 

………………………………………………………………………………………

 

Sêmen Vermelho

Quando o sêmen se apresenta vermelho, vermelhado, alaranjado ou rosa é indicativo que há sangue no fluido. Isso é chamado de Hemospermia (Leia sobre Hematospermia) e, apesar de assustados, regramento indica problema grave sobre a saúde masculina, especialmente em homens jovens.

Esse tipo de sintomas pode estar ligado a infecções que podem ser tratados. Outra causa provável para esse quadro são traumas na região genital.

Quando isso ocorre duas ou mais vezes seguidas e homem não identifica nenhum acidente com trauma na região, é preciso que ele procure um médico para exames, pois pode estar em um quadro de infecção.

 



Com informações de:

Minha vida

Toda Biologia.com

Segredos no Mundo R7

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *