PROBIÓTICOS

Os probióticos são os microrganismos vivos capazes de melhorar o equilíbrio microbiano intestinal produzindo efeitos benéficos à saúde do indivíduo.  A definição de probiótico, no Brasil consta na RDC 2/02.

A Organização Mundial de Saúde define probióticos como “organismos vivos que, quando administrados em quantidades adequadas, conferem benefício à saúde do hospedeiro”

O conceito de probiótico foi introduzido no início do século XX, quando o prêmio Nobel Elie Metchnikoff, conhecido como o “pai dos probióticos”, propôs que o consumo de micro-organismos benéficos poderia melhorar a saúde das pessoas. Os pesquisadores continuaram a investigar essa ideia e o termo “probióticos” – que significa “pró vida” – entrou em vigor. Continue lendo

INFERTILIDADE MASCULINA x IMPOTÊNCIA SEXUAL: QUADROS DIFERENTES

A sexualidade masculina é um tema repleto de tabus, medos e dúvidas. Uma questão que poder surgir de forma recorrente aos profissionais da saúde em exercício é a falta de informação entre o que seria infertilidade masculina e impotência sexual.

Muitos casais que desejam conceber um filho podem apresentar dúvida, quanto a essa questão, principalmente porque o homem precisa conseguir manter uma relação sexual com ejaculação para conseguir fecundar um óvulo fértil, quadro que pode ser dificultado quando o homem apresenta problema de disfunção erétil, mas isso não quer dizer que ele não seja fértil.

O intuito desta discussão é informar que ambos os quadros podem aparecer isolados em determinados paciente, bem como juntos, onde um não anula o aparecimento do outro e que ambos podem ocorrer ao mesmo tempo. Continue lendo

COMO CUIDAR DA SAÚDE NO CARNAVAL?

Podemos considerar o carnaval como uma atividade física ao ar livre, pois seja na rua ou atrás de um trio elétrico, ninguém fica parado. Sendo assim, um bom condicionamento físico é fundamental para o folião que optar pelo carnaval de rua.

Para as pessoas que bebem bebidas alcoólicas é ideal o aumento do consumo de água em pelo menos 1/3 acima do normal para o dia a dia.  Além da desidratação que as bebidas alcoólicas causam é importante lembrar que o suor faz o corpo perder água e desidratar. Fique atento para não se sentir mal no meio da folia. Continue lendo

REAÇÃO DO ORGANISMO AO CALOR EXCESSIVO

A temperatura normal do corpo humano é de 36,5 graus Celsius, mas algumas pessoas podem suportar uma queda de mais de 20 graus. Porém, um aumento da temperatura corporal de apenas cinco graus é, invariavelmente, fatal. Ambientes quentes e úmidos não só parecem terríveis, como são de fato perigosos.

O calor provoca vasodilatação, o que pode causar queda da pressão arterial e provocar mal-estar, sonolência e desânimo.

Quando a temperatura externa é superior à do corpo, o único meio de perder calor é suar. Temos cerca de 3 milhões de glândulas sudoríparas (metade na pele do tórax e das costas). A testa e a palma das mãos também têm grande concentração. As mulheres só produzem aproximadamente a metade do suor dos homens. Idosos correm mais risco porque suam menos.

As células do cérebro são extremamente sensíveis ao calor. Se a temperatura corporal chegar a 42 graus Celsius (a normal é de cerca de 36,5 °C), elas começam a morrer. Continue lendo

HIV: CARGA VIRAL

A quantidade de HIV no sangue (especificamente o número de cópias de RNA do HIV) chama-se carga viral.

A carga viral representa a rapidez com que o HIV se está reproduzindo. Quando as pessoas são infectadas, a carga viral aumenta rapidamente. Em seguida, depois de cerca de três a seis meses, mesmo sem tratamento, ela cai para um nível mais baixo, o qual permanece constante, chamado de ponto de regulação. Este nível varia amplamente de pessoa a pessoa, de apenas algumas centenas a mais de um milhão de cópias por microlitro de sangue.

A carga viral também indica

  • O quanto a infecção é contagiosa
  • Com que rapidez a contagem de CD4 tem probabilidade de diminuir
  • Com que rapidez os sintomas têm probabilidade de surgir

Continue lendo

DEPRESSÃO ATÍPICA

A depressão é uma doença mental caracterizada por sentimentos de profunda tristeza e falta de interesse em atividades. É um estado de desânimo persistente que afeta a capacidade de funcionar e apreciar diferentes aspectos da vida

A depressão atípica é a depressão com períodos de melhor humor em resposta a eventos positivos. A variedade atípica também apresenta alguns sintomas que geralmente não são encontrados na depressão.

A causa da depressão atípica é desconhecida, mas é provavelmente devido a mudanças na química do cérebro. É provavelmente o resultado de uma combinação de fatores genéticos e ambientais.

Embora a causa exata da depressão não tenha sido claramente estabelecida, existem vários fatores relacionados à depressão atípica, como os seguintes: Continue lendo

ALCOOLISMO

O alcoolismo é a incapacidade de controlar a ingestão de álcool devido a dependência física e emocional. Pode ser também definido como um termo amplo para descrever qualquer consumo de álcool que cause problemas de saúde físicos ou mentais.

O alcoolismo é caracterizado pela vontade incontrolável de beber, falta de controle ao tentar parar a ingestão, tolerância ao álcool (doses cada vez maiores para sentir os efeitos da bebida) e dependência física, que se manifesta com sintomas físicos e psíquicos nas situações de abstinência alcoólica.

O diagnóstico de alcoolismo não tem relação com o tipo e quantidade da substância ingerida pela pessoa, mas sim à capacidade em controlar o consumo de bebida. Continue lendo