ARRITMIA CARDÍACA

O coração é um órgão muscular, composto por quatro câmaras projetadas para trabalhar de forma eficiente, confiável e constante por toda a vida. As paredes musculares de cada câmara cardíaca contraem-se em uma sequência regular, bombeando o sangue que o organismo necessita e consumindo a menor energia possível durante cada batimento.

As contrações das fibras musculares do coração são controladas por correntes elétricas que percorrem o coração de forma precisa, seguindo trajetórias e velocidades específicas. A corrente elétrica iniciada em cada batimento tem a sua origem no marca-passo natural do coração (nódulo sinusal ou sinoatrial), localizado no alto da câmara cardíaca superior direita (átrio direito).

A frequência cardíaca é determinada pela frequência com que o marca-passo fisiológico descarrega a corrente elétrica. Esta frequência é estimulada pelos impulsos nervosos e pelos níveis de hormônios específicos na corrente sanguínea. Continue lendo

CANCRO MOLE – O QUE É?

A doença, também conhecida como cancroide, cancro venéreo simples ou, popularmente falando, cavalo, era considerada como uma sequela da sífilis pelos médicos dos séculos XV e XVI, mas hoje sabe-se que as duas ISTs são diferentes uma da outra e requerem tratamentos diferentes.

O Cancro Mole é uma doença sexualmente transmissível causada pela bactéria Haemophilus ducreyi , bacilo do tipo gram-negativo intracelular, e é predominante em regiões mais tropicais, como algumas partes da África, Ásia, Caribe e América Central e América do Sul.

Em países desenvolvidos, o cancro mole é raro, mas é uma causa comum de lesões genitais em grande parte dos países em desenvolvimento. Como o cancro mole causa ulcerações genitais, as pessoas que têm a doença têm mais probabilidade de serem infectadas pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV) e disseminá-lo. Continue lendo

HTLV – VÍRUS LINFOTRÓPICO DA CÉLULA T HUMANA

O HTLV, Vírus Linfotrópico da Célula T Humana, é um vírus da família do HIV que pode desencadear paralisia nas pernas e leucemia em até 5% dos pacientes infectados. 

Possui 2 subtipos: HTLV-1 e HTLV-2.

A gravidade das doenças que pode causar, porém, é inversamente proporcional ao investimento em pesquisas para o tratamento do vírus. Descoberto em 1980, ainda pouco se sabe sobre ele. Tampouco há cura.

O vírus T-linfotrópico humano 1 (HTLV-1) é semelhante ao vírus da imunodeficiência humana (HIV), o vírus que causa a AIDS. O vírus HTLV-1 pode causar certos tipos de leucemia e linfoma (câncer dos glóbulos brancos). Continue lendo

ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL – AVC

Um acidente vascular cerebral ocorre quando uma artéria no cérebro fica bloqueada ou se rompe, resultando na morte de uma área do tecido cerebral devido à perda da circulação sanguínea (infarto cerebral) e causando sintomas repentinos.

Um acidente vascular cerebral é considerado uma doença cerebrovascular por afetar o cérebro (cerebral) e os vasos sanguíneos (vascular).

VISÃO GERAL SOBRE O AVC

  • A maioria dos acidentes vasculares cerebrais é isquêmica (geralmente devido ao bloqueio de uma artéria), mas alguns acidentes são hemorrágicos (devido à ruptura de uma artéria).

Continue lendo

FATORES DE RISCO: CÂNCER DE MAMA

O câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação de células anormais da mama, que formam um tumor. Há vários tipos de câncer de mama. Alguns tipos têm desenvolvimento rápido enquanto outros são mais lentos.

Para o Brasil, estimam-se 59.700 casos novos de câncer de mama, para cada ano do biênio 2018-2019, com um risco estimado de 56,33 casos a cada 100 mil mulheres.

O câncer de mama não tem uma causa única. Diversos fatores estão relacionados ao aumento do risco de desenvolver a doença, tais como: idade, fatores endócrinos/história reprodutiva, fatores comportamentais/ambientais e fatores genéticos/hereditários. Continue lendo

CERVICITE OU ENDOCERVICITE AGUDA

Inflamação no colo do útero, a parte inferior, mais estreita do útero, que se abre na vagina, provocada por uma variedade de organismos e outros quadros clínicos, é chamada de Cervicite aguda ou endocervicite. 

A cervicite pode se disseminar para cima a partir do colo do útero e afetar o revestimento do útero (causando endometrite) e os outros órgãos reprodutivos (causando doença inflamatória pélvica).

Se a cervicite aparecer de repente, é geralmente causada por uma infecção. Se ela estiver presente por um longo período de tempo (crônica), normalmente não é causada por uma infecção.

As infecções que costumam causar a cervicite incluem doenças sexualmente transmissíveis como: Continue lendo

MITOS SOBRE SÍFILIS

A sífilis é uma enfermidade sistêmica, exclusiva do ser humano, conhecida desde o século XV, e seu estudo ocupa todas as especialidades médicas.

Tem como principal via de transmissão o contato sexual, seguido pela transmissão vertical para o feto durante o período de gestação de uma mãe com sífilis não tratada ou tratada inadequadamente. Também pode ser transmitida por transfusão sanguínea.

A apresentação dos sinais e sintomas da doença é muito variável e complexa. Quando não tratada, evolui para formas mais graves, podendo comprometer o sistema nervoso, o aparelho cardiovascular, o aparelho respiratório e o aparelho gastrointestinal.

Embora o tratamento com penicilina seja muito eficaz nas fases iniciais da doença, métodos de prevenção devem ser implementados, pois adquirir sífilis expõe as pessoas a um risco aumentado para outras IST’s, inclusive a Aids. Continue lendo