COR DO SÊMEN

O sêmen ou esperma é um fluído orgânico produzido pelos machos de várias espécies animais, inclusive os seres humanos, que contém espermatozóides e outras secreções.

Este fluído transporta entre 60 e 300 milhões de espermatozóides (segundo a duração da abstinência prévia). Para fertilizar o óvulo é necessário que o esperma contenha mais de 20 milhões de espermas por ml.

A composição do sêmen pode ser divida em duas partes: o plasma seminal e os espermatozoides. Cerca de 70% do plasma seminal é produzido nas vesículas seminais, contendo aminoácidos, enzimas e principalmente frutose, que é a fonte de energia das células espermáticas. Os outros 30% são produzidos pela próstata e contém, entre outros elementos, a fosfatase ácida e o ácido cítrico. Essas substâncias têm o papel de neutralizar o ambiente ácido do canal vaginal, que é naturalmente nocivo ao esperma.  Continue lendo

HIPERHIDROSE – SÍNDROME DO SUOR EXCESSIVO

A Hiperhidrose é o suor excessivo em uma pessoa, em uma ou várias partes do corpo. Ela é definida como sudorese que ultrapassa a necessidade de termoregulação (controle da temperatura corporal). É uma condição benigna, mas que pode trazer desagrado a seus portadores.Hospital Israelita Albert Einstein

É uma síndrome não muito rara, atingindo até 1% da população. Pode-se imaginar que numa cidade como São Paulo, com 12 milhões de habitantes, existam 120.000 pessoas com esse problema.

A sudorese excessiva pode afetar toda a superfície da pele, mas ela fica, muitas vezes, limitada a certas partes do corpo (conhecida como transpiração excessiva focal). As partes afetadas com mais frequência são as palmas das mãos, as solas dos pés, a testa e as axilas. A sudorese nessas áreas geralmente é causada por ansiedade, agitação, raiva ou medo. Embora essa sudorese seja uma resposta normal, pessoas com transpiração excessiva suam profusamente e sob condições que não causam sudorese na maioria das pessoas.  Continue lendo

ATAQUE DE PÂNICO – O QUE É?

Ataques de pânico podem ocorrer em qualquer tipo de transtorno de ansiedade, geralmente em resposta a situações específicas relacionadas às principais características do transtorno. Por exemplo, uma pessoa com fobia de serpentes pode entrar em pânico ao deparar-se com uma. Esses ataques são chamados de ataques esperados. Entretanto, esses ataques de pânico situacionais diferem daqueles espontâneos e inesperados que normalmente ocorrem na síndrome do pânico. Esses ataques ocorrem sem uma causa aparente.

Ataques de pânico são comuns e ocorrem em pelo menos 11% dos adultos anualmente. A maioria das pessoas geralmente se recupera dos ataques de pânico sem tratamento, porém, algumas desenvolvem síndrome do pânico.

Todos os Ataques de Pânico são réplicas do primeiro ataque, em que a dor sentida foi tão grande que se começa a ter medo de a voltar a sentir. As pessoas podem sentir o primeiro episódio de Pânico em qualquer circunstância, como, por exemplo, a dormir, a conduzir, num centro comercial, em casa, entre outras situações. Continue lendo

POR QUE SOMENTE O EXAME DE PSA NÃO CONFIRMA SE O HOMEM TEM CÂNCER?

O exame PSA, na sigla inglesa: Prostate Specific Antigen (Antígeno Prostático Específico), é uma substância produzida pela célula prostática, na próstata, que é eliminado para a luz da glândula e que tem a função de liquefazer o sêmen após a ejaculação.

O líquido seminal ejaculado provém da glândula prostática, das vesículas seminais (que se encontram atrás e para cima da próstata) e menos de 1% por espermatozoides, que vêm dos testículos e epidídimos pelo ductos deferentes).

A maior parte do PSA vem do sêmen, mas uma pequena quantidade pode ser encontrada no sangue. Na verdade, o que ocorre é um refluxo do PSA para o sangue que deveria ir para a luz da glândula, e isto acontece quando há alguma lesão na parede da célula prostática provocada, por exemplo, por trauma, inflamação, infecção, proliferação benigna da próstata, conhecida por hiperplasia benigna da próstata ou pelo próprio câncer. Continue lendo

DEPRESSÃO EM IDOSOS – ALGUMAS CARACTERÍSTICAS

A depressão afeta cerca de uma em cada seis pessoas idosas. Algumas pessoas idosas já tiveram depressão mais cedo nas suas vidas. Outras a desenvolveram pela primeira vez depois de idosas.

Algumas causas de depressão podem ser mais comuns entre pessoas idosas. Por exemplo, pessoas idosas têm mais probabilidade de viverem eventos emocionalmente angustiantes que envolvem uma perda, como a morte da pessoa amada ou a perda de uma vizinhança familiar, como na mudança para outro local.

Outras fontes de estresse, como redução da renda, piora de uma doença crônica, perda gradual da independência ou isolamento social, também podem contribuir. Continue lendo

SALBUTAMOL

O sulfato de Salbutamol é um agonista β-adrenérgicos  β2 de curta duração utilizado para o alívio do broncoespasmo em condições como asma e doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC). 

O sulfato de salbutamol geralmente é administrado por via inalatória para o efeito direto sobre a musculatura lisa dos brônquios. Isto é geralmente conseguido através de um nebulizador. Nesta forma de distribuição, o efeito máximo de Salbutamol fica dentro de cinco a vinte minutos após a administração. O salbutamol também pode ser administrado por via oral ou por via intravenosa. Continue lendo

MALÁRIA – RESPONDENDO ALGUMAS PERGUNTAS

A malária é uma doença febril, transmitida pela picada de um mosquito infectado pelo Plasmodium, um parasita. No Brasil, a principal forma da doença é a vivax, mais branda, que oferece pouco risco de morte, ao contrário da forma mais comum nos países africanos. Por aqui, 99% dos casos são registrados na Amazônia.

Os maiores aumentos de casos de malária no Brasil ocorreram no Pará (153%), em Amazonas (65%) e em Roraima (56%). Embora grande parte do território desses Estados apresente casos de malária, a situação é grave mesmo em um número muito pequeno de cidades. Apenas 25 municípios concentram 9 de cada 10 casos extras da doença registrados no ano passado. Bagre está no topo da lista, com 6,6 mil casos a mais.

Mas por que a Malária voltou a aumentar no Brasil?

Não há uma explicação definitiva para isso, apenas hipóteses. Uma delas é que a malária está aumentando no mundo todo, não só no Brasil, por algum motivo ainda desconhecido. Continue lendo