PRINCIPAIS SINTOMAS DA PEDRA NA VESÍCULA

Cálculos Biliares

Os cálculos biliares são depósitos de material sólido (predominantemente de cristais de colesterol) na vesícula biliar.

A maioria dos distúrbios da vesícula biliar e dos dutos biliares é provocada por cálculos biliares. Os fatores de risco para cálculos biliares incluem o seguinte:

  • Sexo feminino
  • Idade avançada
  • Nativo-americano
  • Obesidade
  • Rápida perda de peso (como resultado de uma dieta muito baixa em calorias ou uma cirurgia para perda de peso)
  • Uma dieta ocidental típica
  • Um histórico familiar de cálculos biliares

Os cálculos na vesícula biliar (denominado colelitíase), às vezes, passam pelos dutos biliares ou podem se formar neles. Os cálculos nos dutos biliares são denominados coledocolitíase. Eles, às vezes, bloqueiam um duto biliar. Continue lendo

PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE CERATOCONE

O ceratocone é uma doença que afeta o formato e a espessura da córnea, provocando a percepção de imagens distorcidas.

É uma doença ocular progressiva, não inflamatória, que é mais comum do que se imagina. Estudos apontam que 1 em cada 20 mil pessoas em todo o mundo. É considerada grave, justamente por seu caráter progressivo, e que pode levar à perda da visão, quando não tratada.

O ceratocone apresenta-se como um astigmatismo irregular, levando o paciente a trocar o grau do astigmatismo com frequência. O diagnóstico definitivo desta patologia é feito com base nas características clínicas e com exames objetivos como a topográfica corneana e a paquimetria ultrassônica. Continue lendo

DONOVANOSE: GRANULOMA INGUINAL

A Donovanose é causada pela bactéria Klebsiella granulomatis. É uma IST crônica progressiva que acomete preferencialmente a pele e mucosas das regiões da genitália, da virilha e do ânus.

É caracterizada por causar úlceras e destruir a pele infectada. É pouco frequente, ocorrendo na maioria das vezes em climas tropicais e subtropicais.

É uma doença também chamada de Granuloma Inguinal que no Brasil é mais frequente no Norte e em pessoas com baixo nível socioeconômico e higiênico.

É uma IST extremamente rara em países desenvolvidos, mas ainda ocorre em Papua Nova Guiné, Austrália, África do Sul, Caribe e em partes do Brasil e da Índia. Continue lendo

CLORIDRATO DE SERTRALINA: INDICAÇÕES E FARMACOLOGIA

A sertralina é um medicamento antidepressivo, pertencente à classe dos inibidores seletivos da recaptação de serotonina. Sua primeira aprovação comercial ocorreu em 1991 pelo FDA (Food and Drugs Administration).

É um remédio antidepressivo muito utilizado em casos de depressão e síndrome do pânico, tendo ação mais demorada nas situações de obsessão. Os ensaios clínicos originais, antes da comercialização, demonstraram uma eficácia de fraca à moderada da sertralina em relação à depressão. No entanto, um considerável corpo de pesquisa posterior estabeleceu-a como uma das drogas de escolha para o tratamento da depressão em pacientes de ambulatório.

A sertralina pode ser comprada nas farmácias convencionais com os nomes comerciais de Assert, Sercerin, Serenata,Tolrest ou Zoloft, com receita médica. Continue lendo

HANSENÍASE AO LONGO DA HISTÓRIA

Também conhecida como lepra ou mal de Lázaro, a hanseníase é uma doença infecciosa, contagiosa, que afeta os nervos e a pele e é causada por um bacilo chamado Mycobacterium leprae.

Associada a desigualdades sociais, afetando principalmente as regiões mais carentes do mundo, a doença é transmitida através das vias aéreas (secreções nasais, gotículas da fala, tosse, espirro) de pacientes considerados bacilíferos, ou seja, sem tratamento.

O paciente que está sendo tratado deixa de transmitir a doença, cujo período de incubação pode levar de três a cinco anos. A maioria das pessoas que entram em contato com estes bacilos não desenvolve a enfermidade. Continue lendo

ESTUDO DEMONSTRA QUE DOIS FÁRMACOS FREIAM METASTASE

O câncer usa mecanismos biológicos idênticos àqueles que permitem que um ser vivo saudável cresça. Tal plasticidade pode ser seu ponto fraco, como mostrado por um estudo publicado. O trabalho é uma prova de conceito , a demonstração preliminar de que o processo de evolução do câncer poderia ser revertido.

O estudo mostra que a combinação de dois medicamentos, antitumoral e antidiabético Trametinib e Rosiglitazona, transforma as células do cancro da mama em gordura inofensivo em ratinhos que foram enxertados tumores da mama metastático. Tumores triplo-negativos, a classe mais agressiva de câncer, foram usados ​​no estudo. Continue lendo